Calendário da Paz
kin-Lua-11
kin-3-Gama.png
VINAL-16
tom2.png

Site do Movimento Mundial da Paz e Mudança ao Sincronário das 13 Luas

27/01/2017

I N F O R M A T I V O 1 3 L U A S

2ª Onda Encantada do Mago Branco

Poder da Intemporalidade
Palavras chaves do Mago Branco:
Encantar - Receptividade - Intempolaridade

Propósitos deste período: Unificar-se para encantar, estando receptivo ao momento presente, refletir comandando a ordem e comunicar-se transcendendo a oportunidade.
Esta Onda Encantada tráz momentos de encantamento e magia que só serão percebidos, em toda a sua plenitude, se você estiver em sintonia com o momento presente. Uma situação de “difícil” solução poderá ser desfeita em segundos, através da magia de uma palavra, um sorriso, uma frase, um perdão, etc., mas é preciso estar presente, porque se você se desvia para o passado ou futuro, talvez perca uma grande chance. Trace seus propósitos imediatos para esse período. Pegue uma folha de papel e escreva tudo o que você pretende realizar, agora. São mais treze dias, fluindo a magia e o encantamento. Seu lado psíquico estará ativado e a busca por espiritualidade estará mais intensa. Então, será muito proveitoso você estimular sua espiritualidade, quer seja pela contemplação da natureza, quer seja através de algum evento espiritualista, ou até mesmo um filme ou um livro ligado a esse tema. O importante é que seja algo que proporcione bem-estar, por isso concentre-se no momento em que estiver realizando algo e desligue-se de tudo o mais, pelo menos nesse momento. Se você estiver lendo, apenas leia; se estiver dançando, apenas dance; se estiver escutando música, apenas escute. Não perca o sagrado, do momento. Se você faz algo pensando em outra coisa, então você não está vivendo o momento presente e perderá grandes oportunidades. Dê poder a você mesmo para refletir para o mundo um ser iluminado. Lembre-se de que não vale a pena se prender a acontecimentos passados que impedem o brilho total, de seu ser. Procure irradiar harmonia e manter a paz interior, mesmo em meio a uma grande tempestade. Ordene seus pensamentos e sua vida, de forma a ser você mesmo, o comandante de sua própria nave espacial (seu ser manifestado). Mantenha-se em sintonia com a ordem cósmica. Deixe fluir a comunicação. Fale com mais clareza, se expressando de forma verdadeira, mas tendo o cuidado de não falar demasiadamente, impedindo o outro de se expressar também. Então, sabendo que tudo na vida são ciclos, tire a lição apreendida, desapegue-se dos ciclos passados e permita que o caminho se abra para novos ciclos, rompendo aqueles velhos padrões e aproveitando as oportunidades para mudar.
Desafios (o que devo aprender?): Estabilizar a mente, equilibrar a energia e seguir a intuição.
Haverá uma tendência a dispersão, que o levará a vagar por caminhos que já não existem mais. Então fique atento e se conecte ao presente. Cuidado com as criações mentais. Procure sempre ver além do que aparentemente está a sua frente, pois quanto mais você amplia a sua visão, mais sintonizado ao momento você estará. Estabilizar a mente, não é mantê-la parada, mas conectada com o agora, assim, você não perde energia se dispersando com o que aconteceu lá atrás. Abra-se às mudanças e afaste-se de pensamentos que produzem um ambiente denso lhe deixando mal humorado e desconectado de si mesmo. É neste momento que sua energia se vai e você fica vulnerável e dá espaço para sentimentos ligados ao ego, tais como raiva, medo, julgamento, mágoa, vingança, se sentindo a vítima, etc. Assim, é preciso fazer algumas mudanças agora. Siga a sua intuição, que é sua ligação mais íntima com o seu Eu interior, buscando mensagens do inconsciente e procurando aperfeiçoar seus sonhos e projetos. Agora é o momento de ajustar o que você iniciou na Onda do Dragão, preenchendo de magia e encantamento, criando abundância do que se precisa e as oportunidades perfeitas para a realização. Três coisas devem ser observadas - evite: 1) a dispersão, fazendo muita coisa ao mesmo tempo, 2) perder energia com bobagens, 3) se estressar. Procure pensar mais no que você está fazendo, atente para a sua intuição, se abasteça de energia para superar tendências negativas e procure ver as situações de fora em busca de soluções sábias.
Qual é a ação? Ativar sua coragem, canalizar luz para sua vida e se concentrar para perceber.
Confie em si mesmo. Ative o seu grande guerreiro, cheio de coragem para enfrentar os “monstros” da sua criação mental. Pois eles só existem na visão da mente desconcentrada e desconectada de si mesmo. Crie estratégias de ação para o que deseja realizar. Use sua inteligência para manter a harmonia onde quer que você esteja e se concentre para ser sempre um foco de luz expandindo seus raios, de forma consciente. Você, como um ser sagrado que é, deve estar sempre canalizando a luz e tornando sua vida e o seu ambiente iluminado, ajudando assim, a projetar a luz onde o Sol ainda não brilhou. E, lembre-se de que só o fato de você ter consciência de que você é luz e sentir-se brilhando, como um cristal reluzente, já está iluminando o planeta e se tornando mais brilhante e harmônico. Concentre-se naquilo que você deseja para perceber cada detalhe, amadurecendo as idéias e assim, alcançando os resultados esperados. É você, e só você, quem pode despertar seus próprios sonhos e possibilidades. Então, tenha coragem e tome a decisão de, atraindo tudo para dentro da luz, focalizar o seu ponto de partida e amadurecer a idéia, fazendo florescer seus objetivos. Lembre-se de que estamos vivendo um ano propício ao florescimento do que se comprometeu a realizar. Então, o momento é ativador. Não o perca.
Qual a melhor forma de agir? Definir a forma de evoluir, modelar o ser e se dedicar a sobrevivência.
Movimente-se. Nada de ficar de braços cruzados, esperando que as coisas aconteçam. É você quem tem que dar início e observar a sintonia do momento para saber que direção vai tomar. É hora também de permitir que as coisas evoluam, seguindo a sioncronicidade. Este ano estamos sob a energia da auto-existência que dá uma facilidade maior para ser definida a forma como as coisas deverão acontecer, mostrando as condições necessárias para a manifestação dos objetivos. Procure modelar seu ser. Nutra-se de pensamentos harmônicos, leia bons livros, mantenha a mente livre da densidade tridimensional que cria a dualidade. Afaste-se mais da televisão, que lhe prende em uma rede de medo, torturas psicológicas, modismos ilusórios e lhe joga em um profundo oceano de ilusões, lhe mantendo cada vez mais distante de você mesmo. Procure harmonizar-se com esse ser que é você, compreendendo mais seus sentimentos, sendo mais confiante, cuidando-se, revitalizando seu corpo. Muitas vezes o estresse do dia a dia, desvitaliza o corpo, produzindo uma desconexão com o seu centro, então surgem sentimentos densos como a depressão, o medo e a inércia. Fique atento e centrado no aqui, agora, para detectar quando estiver se sentindo assim e, imediatamente buscar vitalizar o corpo. Observe os melhores caminhos para fazer sobreviver seus objetivos e nutra-os de energia, já purificada. Lembre-se de que você é um co-criador, e sendo assim, é você quem cria o que vai aí dentro de você, pois você se torna aquilo em que pensa. Então, fique atento para não se desgastar perdendo energia, com coisas que não fazem muito sentido.
Vôo Mágico (qual é a saída?): Aproveitar as oportunidades para mudar e desapegar-se.
Desapegue-se. Essa é uma palavra mágica. Quando você domina essa palavra, tudo se transforma em sua vida. Desapegue-se do passado, não que você vai sair por aí rasgando suas fotografias antigas, pois fazem parte da sua história, mas não estar preso ao passado significa que você deve viver a magia do agora, livrando-se de sentimentos densos e negativos, de situações que não trazem harmonia para você, de ciclos que já se fecharam, de padrões, de coisas em seus armários, enfim, desapegue-se, principalmente, emocionalmente, deixe ir, perdoe, e receba a oportunidade de transcender o mundo da “mesmice”. Olhe para tudo isso, que passou, e diga ah, sim, interessante, mas preciso seguir em frente.

Para Refletir:
“Não podemos perdoar a nós mesmos ou aos outros enquanto extrairmos do passado o nosso sentido de eu interior. Somente acessando o agora, poderá haver um verdadeiro perdão. Isso tira a força do passado e você percebe, profundamente, que nada que você fez ou que os outros lhe fizeram poderia atingir, nem de leve, a radiante essência de quem você é.
Quando nos rendemos àquilo que é e assim ficamos inteiramente presentes, o passado deixa de ter qualquer força. Não precisamos mais dele. A Presença é a chave. O Agora, é a chave”.Praticando o Poder do Agora – Eckhart Tolle
In Lake’ch (eu sou o outro você)
Realização do Centro de Estudos 13 Luas
Coordenação: Iara Moraes
Salvador – Bahia – Brasil
Fonte do texto: Calendário da PAZ e Encantamento do Sonho - 3ª edição