O Ciclo Solar

As Quatro Estações, os Solstícios e Equinócios

A órbita da Terra ao redor do Sol é marcada por quatro articulações – dois solstícios e dois
equinócios. Eles tem aproximadamente 91 dias de distância – 4 x 91 = 364. A razão para essas
quatro marcas é que não somente a Terra gira em seu eixo a cada 24 horas – 365 vezes durante uma única orbita – como também possui uma oscilação que faz com que ela se incline para frente e para trás, em seu eixo, a cada ciclo de 365 dias. Essa
inclinação é na medida de 23,5 graus (repare na aproximação numérica com os ciclos de manchas solares de 23 anos).

Os dois pontos mais extremos dessa inclinação de 23,5 graus são chamados de solstícios, quando o Sol está na distância máxima do equador. No solstício de inverno no Hemisfério Norte, o Polo Norte está inclinado no seu ponto mais distante do Sol, tornando as noites mais longas que os dias. No mesmo momento é solstício de verão no Hemisfério Sul, quando o Polo Sul está inclinado mais para perto do Sol, tornando os dias mais longos que as noites. No solstício de verão no Hemisfério Norte, esta situação é invertida, e é solstício de inverno no Hemisfério Sul.

Os equinócios marcam os dois pontos quando as inclinações terminam seus retornos de cada pólo e o dia e a noite são perfeitamente iguais em todo o planeta. No entanto, quando é equinócio de primavera no Norte e os dias estão ficando mais longos, é equinócio de outono no Sul, e quando é equinócio de primavera no Sul, é equinócio de outono no Norte. Festivais ou cerimoniais nos solstícios e equinócios são poderosos para o cultivo da consciência planetária.

Cientistas calcularam o tempo rotação do Sol da seguinte forma:

“Se precisa 28 horas para uma mancha solar se mover 15 graus, irá precisar [360/15] = 24 vezes mais para a mancha fazer uma rotação inteira ao redor do Sol. Isso é igual a 28 horas x 24 = 28 DIAS.
O Projeto Crédito Extra é para compreender, a partir de dados suficientes, que o sol
leva mais de 28 dias para girar em seu eixo nos pólos quando você acompanha manchas
solares em latitudes mais altas, e leva pouco menos que 28 dias se você acompanha
manchas solares no equador. Na verdade, próximo aos pólos o tempo é de 30 dias e próximo ao equador é perto de 25 dias.
O sol pode fazer isso porque não é um corpo sólido, ele é feito de gás, e esse gás rotaciona de forma diferente porque não há rigidez para manter tudo no mesmo rítmo.”


FONTE: NASA
http://spacemath.qsfc.nasa.gov/
weekly/Week22.pd

0
    0
    Seu Carrrinho
    Seu carrinho está vazio.Voltar às compras