O poder do tempo

Reflexões sobre o tempo, seus ciclos, dimensões e relatividades

André Staehler*

Ao entrar em um novo ciclo de tempo tendemos a programar a nossa mente com desejos, sonhos, metas pessoais e muito mais.
Isso demonstra como o tempo é um programador mental e como as nossas mentes buscam alinhar-se com esse programa. O calendário é o fator de sincronização global e é o responsável por estabelecer os padrões culturais da sociedade, influenciando crenças, negócios e distintos fluxos energéticos no âmbito econômico e social.
Segundo o físico Fritjot Capra, autor de “O Tao da Física” e “Ponto de Mutação”, foi a utilização do relógio que deu inicio à revolução industrial, colocando a humanidade em uma frequência de tempo artificial.
Inicialmente houve a mecanização do pensamento e logo a mecanização da vida.
Em 1989 ao visitar o museu do Tempo na Suíça, Dr. José Argüeles, autor de “O Fator Maya”, descobriu que a humanidade vivia sob influência de uma falsa frequência de tempo, que ele denominou 12:60. Essa frequência é gerada pela utilização do calendário de 12 meses juntamente com o relógio, cuja hora possui 60 minutos.
Essa observação contribuiu para a sua descoberta da Lei do Tempo e suas pesquisas perpetuaram até a sua morte em 2011.
Dr. Argüelles alertou as autoridades mundiais, incluindo a ONU e o Vaticano, para os efeitos da frequência artificial 12:60. Além da artificialização da vida, a frequência 12:60 produz na mente humana um profundo esquecimento da sua origem, criando um estilo de vida entrópico e reducionista.
O tempo linear influencia a mente a flutuar entre passado e futuro e a perder o que tem de mais precioso, que é a liberdade de viver momento a momento no eterno presente.

HORA MENTAL
Uma hora equivale a um espaço de 24 horas no dia, mas não é equivalente ao tempo.
Dependendo de como a mente experimenta o tempo, uma hora poderá passar muito rápido, enquanto que um segundo poderá ser uma eternidade.
Por essa razão, o tempo é relativo e puramente mental.
Se vivêssemos através da presença, certamente produziríamos mais com menos esforço.

PENSAMENTO E CONSCIÊNCIA
Acredita-se que o cérebro humano produz aproximadamente 70 mil pensamentos por dia. Esses pensamentos estão em grande parte vinculados a alguma experiência do passado.
Cada pensamento é um dispersor da consciência atemporal. Estar fora da presença significa aumentar a demanda energética.
A aceleração do tempo está relacionada com a quantidade de informações e estímulos que a mente processa em um único instante.
As premissas básicas são:
• O tempo é mental e ele define a experiência sincrônica.
• A natureza do tempo é a natureza da mente.
• O tempo impacta a experiência humana em todas as suas dimensões.

INCONSCIENTE
Em nosso dia a dia podemos estar experimentando o tempo de forma inconsciente.
A crença de estar atrasado ou fora do tempo gera preocupações, ansiedade, depressão e negatividade. Na contramão do atraso, podemos estar acelerados em uma corrida maluca por chegar primeiro em um lugar que não sabemos onde é.
Se a sua percepção do tempo anunciar que você está atrasado para pegar um voo ou para uma reunião importante na sua vida, certamente você sofrerá com a ansiedade, o stress e desequilíbrio do sistema corpóreo, podendo sentir enjoos e alteração na pressão arterial.
A sensação de estar atrasado no tempo, além de provocar todos esses malefícios é o eixo central de muitos acidentes, bem como do aumento do cortisol, hormônio responsável pelo estresse.

RELAXE. VEM TEMPO BOM POR AÍ

O tempo é a ordem quadridimensional da realidade.
A natureza do tempo demonstra que o tempo é a quarta dimensão, como foi afirmado por Albert Einstein. A Quarta dimensão é superior à terceira dimensão da matéria; está contendo o universo material e permeando a vacuidade, inclusive os espaços entre átomos e moléculas.
Todo o espaço cósmico é preenchido pela dimensão do tempo. É através da dimensão do tempo que as partículas atômicas e subatômicas se agruparam, tornando-se moléculas, células e, posteriormente, consciência. Quando observamos o espaço universal, todo ele está unificado pelo tempo. É por essa razão que veremos a primavera florir simultaneamente em todo hemisfério Sul, enquanto que as folhas do outono dançarão ao vento no hemisfério Norte.
Através dos cinco sentidos podemos perceber o universo material e os ciclos de tempo como dia e noite, estações do ano e fases da lua, mas, o tempo radial da quarta dimensão somente poderá ser percebido pela mente.
É o estado de não-mente que possui a capacidade de experimentar a atemporalidade.
A quarta dimensão ocorre em simultaneidade no cosmos com uma velocidade infinitamente instantânea através de um eixo vertical de eterno presente.
O tempo presente é o mesmo em todo o espaço.
Os eventos tridimensionais do reino fenomênico podem interferir no fluxo energético e gerar diferentes experiências sensoriais, mas o fluxo de consciência atemporal sempre será o mesmo. Por essa razão é que o tempo é uma ponte entre as dimensões e um fator empírico na evolução da consciência.

JOGO DO TEMPO
Para viver mais e melhor, pratique o Jogo do Tempo.
• A primeira fase do jogo é aprender a viver um dia de cada vez.
• A segunda fase do jogo é viver momento a momento.
• A terceira fase do jogo é mergulhar no momento.
O tempo é a chave para a liberdade da mente e da alma. Um dia de cada vez, bem vivido, pode se tornar a redenção de todos os passados e melhorar a qualidade do nosso futuro.
No tempo radial, passado e futuro se encontram no agora. Aqui e agora, tudo está perdoado.
*Com amor galáctico, André Staehler kin 93 – Instituto Lei do Tempo – Nova Terra – Sincronário da Paz

Matéria Publicada em Nosso Bem Estar Edição de Fevereiro de 2021
http://bit.ly/NBE_POA_FEVEREIRO_21

Deixe um comentário

0
    0
    Seu Carrrinho